Produtores de Guanandi

Produtores de Guanandi

Cadastramento para Censo dos Plantios Guanandi e Outras Espécies de Madeira Nobre


Notícias - Fique por dentro!

02/07/2014 - Tropical Flora realiza visitas técnicas com objetivo de orientar o produtor no manejo das espécies madeireiras nobres

27/06/2014 - Expoforest e o cenário atual das madeiras nobres

24/06/2014 - FAO defende uso racional das florestas pelo mundo

02 de Agosto de 2013 - ILPF será abordado por pesquisador da Embrapa em workshop neste fim de semana em Garça (SP)

30/07/2013 - Giro no Campo – ILPF – Integração Lavoura, Pecuária e Floresta

25 de julho de 2013 - Técnicas e métodos clonagem de mudas florestais serão debatidos em workshop

08 de julho de 2013 - Mercado de madeira será um dos temas do 8º workshop da Tropical Flora

Qual o preço da madeira de guanandi?

Se existisse no mercado, seu preço  seria similar ao do Mogno. As estimativas de preço são de R$ 2 mil ao m³ de madeira serrada.
Especialistas apontam que a madeira de lei tipo exportação(condição FOB) alcançam preços de 30 a 50% maiores que os praticados no mercado nacional.

Estudos de mercado indicam que as toras de árvores jovens de menor dimensão e de boa qualidade (acima de 12 anos) podem comercializadas por cerca de R$200,00 o metro cúbico, podendo atingir no corte final R$400,00 por metro cúbico em tora.

Galdino (2001) esclarece que a demanda mundial pela madeira nobre, oriunda de reflorestamento, gira em torno do comércio de madeiras ou toras de excepcional qualidade, e aquelas de qualidade inferior encontram nítidas dificuldades de comercialização, pois, a maioria absoluta dos importadores exige madeira sem nenhum alburno.

A obtenção de madeira com alburno reduzido somente é possível em povoamentos mais maduros, portanto, os preços mais altos praticados a partir dos 20 anos de idade não estão somente vinculados ao diâmetro das toras comercializadas, mas também ao menor percentual de madeira juvenil, peças livres de nós e com reduzido alburno (Figueiredo, 2005).
Este fato esclarece por que é difícil colocar no mercado a madeira com idade inferior a 12 anos. Dessa forma, o volume madeireiro produzido há menos de 12 anos terá comércio restrito, e uma rotação econômica inferior a 20 anos pode significar prejuízos econômicos (Figueiredo, 2005).

Perguntas relacionadas: